Notícias dos Cubalenses e amigos do Cubal - Augusto Domingos Chipuca "Vieira"

Olá, grande Ruca..!
Até que enfim...imagens e factos do Cubal de ontem e de hoje, na net!
Permita-me parabeniza-lo pelo feito. Não nasci no Cubal, mas fui para lá em 1970, ido de Benguela, quando tinha 2 anos de idade na companhia de meus pais e 4 irmãos. Meu pai, Domingos Sabino Chipuca, era ferroviário (funcionário do CFB) transferido naquela data de Benguela para a estação do Cubal. Ainda assim, pude ver o Cubal de ontem, até 1975, altura em que as coisas começaram a mudar. De 1970 a 1973 vivi numa casa situada exatamente frente a casa do sr. Carrasqueiro, tendo por vizinho do lado direito a dona Rosa, mãe de um tal Quim e do lado esquerdo um sr. Camionista, cujo nome escapa-me. De 1974 a 1981 vivi na "rua 28 de Maio", para lá dos TJ (nomenclatura do condomínio do CFB) zona intermédia entre a cidade e a Camunda, numa casa que pertenceu ao sr. Piçarra, tendo como vizinhos na altura, gente como o casal sr. Lopes e dona Argentina ( que só saíram do Cubal em finais dos anos 80 por causa da guerra, pois o sr. Lopes teimava em deixar o Cubal e Angola) , a família Edmundo das oficinas do CFB, o sr. Palma, na altura velhinho, a dona Aurora mãe da Lolita uma morenita bonitinha, entre outros. Mas apesar de tudo, e por ter passado no Cubal toda a minha infância que me marcou muito, até aos 13 anos (1981) sinto-me cubalense de gema no corpo e na alma. O teu e "nosso" blog que criaste é uma das melhores coisas que encontrei na net e me tem prendido "horas a fio".Desta vez estou apenas a escrever para dizer-te que tiveste uma ideia brilhante. Estou fazendo os possíveis de recolher pequenos factos e talvez fotografias antigas ou actuais para enriquecer o "nosso" blog.
Eu volto... Aquele abraço
Augusto Domingos Chipuca "Vieira"
*********************************************
Meu Caro Amigo Augusto,
Fico muito sensibilizado pelas tuas palavras. Muito obrigado pelas mesmas ! São sem dúvida, um grande tónico para eu continuar a partilhar o meu tempo em prol desta comunidade de amigos e de que fazes parte também. Enquanto tiver o feed-back de todos vós eu continuarei também!
Gostei imenso que tivesses referido ..."o nosso" blog. É essa a ideia que pretendo transmitir e tu captaste-a como gostaria que TODOS aqueles que nos visitam, o fizessem.
Quando sentimos que a "coisa" é nossa, o carinho pela mesma passa a ser outro também.
Ficamos a aguardar pela tua participação no envio possível de testemunhos
Obrigado mais uma vez.
Recebe um abraço
Ruca

Sem comentários: