Sobre o Poema Saudade

É mais do que um lindo" Poema". É um testemunho que nos deixa adivinhar quantas saudades lhe vão na alma, que não é meia, mas sim cheia de tudo o que pode ter, quem sente o coração dividido, uma alma inteira, destroçada pela saudade de uma terra que foi sua, que a terá visto nascer, brincar, crescer, desabrochar como o botão de rosa no jardim, amar por certo e naturalmente sonhar com algo diferente, do que será hoje uma vida de outra forma traçada.
Mas por mais voltas que o mundo dê, nada nem ninguém poderá apagar os sinais, os sentimentos, e o forte amor de um povo, pela terra onde nasceu. Um sentimento que contagia quem convosco conviveu, e partilhou de alegres momentos por isso aqui estou e sempre estarei do vosso lado, mas sem vos considerar Almas Meias,foram e são Almas Inteiras.É por isso mais do que um lindo poema, é um Hino ao Sentimento, ao Amor Cubalense, parabéns MIMI.
Um abraço amigo, extensivo a todos os Cubalenses.
Pedro Jorge

SAUDADE


SAUDADE

Que estado de confusão
Provoca este sentimento
Que é a Saudade.
Diz quem sabe
Que a dita
É bem portuguesa
E sendo eu meia-meia
Tinha a lusa-meia
Talvez, por avareza
Nadar em tamanha graça.
Por feliz acaso
Se juntou a outros meios
Meios-meios de coração
Outros tantos por adopção
E , enquanto a afro-meia
De emoção se esvaziou
A outra meia transbordou...
E agora...
Que dirão os doutores?
Que a saudade sucumbiu!...
Desenganem-se, doutos senhores
Que esta, qual jibóia faminta
Que a vítima esmaga
Inundou as entranhas
Explodiu de recordações
Alimentando a dor.
E essa é tanta, tanta..
No peito e na garganta
Que faz chorar
A saudade...
De Saudade


Mimi Peixoto
Caríssimos Amigos,

Tenho andado de dia para dia para Vos apresentar virtualmente. Mas o tempo é curto…e por vezes acabamos por não efectuar o que pretendemos.
Mas, hoje tenho a informar que ambos, são dois Guerreiros para a divulgação de terras de Angola!

Parabéns aos dois!

A Amiga Conceição, oriunda do Lobito, tem um site próprio muito interessante onde é visível as suas belíssimas fotos que capta nas suas fantásticas viagens. Também faz parte do blog da sua cidade Natal.
http://www.cidadelobito.com/index.html
http://www.mariapernadas.com/

O Amigo Ruca oriundo do Cubal tem dois blogs onde reúne carinhosamente as pessoas do Cubal. Por este meio comunicacional ele informa e incentiva a futuros encontros e reencontros.

http://cubal-angola.blogspot.com/
http://cubalenses.blogspot.com/

Ambos amigos de minha Família, a irmã da Sãozinha é afilhada de minha mãe e a mãe do Ruca é afilhada da minha avó.


Isto tudo, para vos apresentar e dar-vos a conhecer os blogs/sites que vocês veiculam informação na www.

Presentemente, recebi um e.mail da Sãozinha, a qual, está a organizar pela terceira vez uma viagem a Angola. Deste modo, quero informar o Ruca sobre esta viagem. Poderá também divulgar no seu Blog. Pois poderá existir alguém que esteja interessado em ingressar nesta “família angolana”.

Um beijinho para estes queridos Amigos,
Ana Catarina Monteiro

Encontro dos Antigos Estudantes do Cubal - Agradecimento -

Aos Muanhas:

Com o 19º Encontro dos Antigos Estudantes do Cubal, chegou a hora de “passar a pasta” à Próxima Organização.

Temos a certeza que ficará bem entregue, pois o espírito de boa vontade, o empenho e entusiasmo de tudo se fazer, para que este dia perdure nas nossas memórias, está sempre presente em todos aqueles que abraçam desinteressadamente esta tarefa.

Foram dois anos de muitas alegrias e também de algumas dificuldades e desilusões. No entanto, o balanço, (como não podia deixar de o ser), foi POSITIVO e GRATIFICANTE, pela maneira como cada vez mais, os nossos colegas dizem PRESENTE, dando-nos o prazer do reencontro neste NOSSO DIA!

Não queria no entanto, em nome da Organização que cessa agora as suas funções, deixar de expressar um agradecimento especial, a alguns colegas e amigos que, desde o primeiro momento, nos deram o seu apoio incondicional, para levarmos a bom porto, estes Encontros.

Assim sendo, aqui fica o nosso OBRIGADO de coração: ao Victor Vieira, Dinny Querido, Jaime Marques de Almeida, Juca Laranjeira, Fernando Borges, Rui Lopes, Fernando e Mila Vaz, Cristina Campos, Manuel Portugal, Cristiana Moreira, Carlos Lopes, Sónia Simões, Henrique Faria.

Não podemos deixar também, de agradecer a disponibilidade e simpatia do Hernâni Cabral, que a todos encanta, no seu jeito “Muanha” de “cantar” o quino.

Às jovens que no 18º Encontro, nos presentearam com um momento de dança de rara beleza.

À Direcção do Hotel Quinta da Lagoa, na pessoa da D. Olívia, pela compreensão e simpatia, assim como a todo o pessoal que durante estes dois anos, nos atenderam com grande profissionalismo

Ao Ruca, pela sua disponibilidade em tudo fazer para que o Encontro fosse divulgado e pela preciosa ajuda que nos deu, ao facultar contactos, que de outra maneira, seria impossível podermos rever esses colegas.

Ao Carlos Botto e ao Trio Áfrika, por nos fazerem regressar a um passado que jamais se apagará, com as suas “kizombas”, “merengues” “tangos” e “valsas,” que por momentos nos transportam às farras do Clube Recreativo e ao Ferrovia!

O meu agradecimento pessoal, (desculpem-me, mas não ficaria de bem comigo se o não fizesse): ao meu filho e ao meu marido, pelo apoio e força que me deram nos momentos menos bons, em que o desânimo tomava conta de mim.
A vós, meus AMORES, um grande beijo e desculpem o meu “mau feitio”…

Por fim e em nome da Organização que agora termina esta tarefa, um BEM-HAJA ao José Lobo, pela sua disponibilidade e entusiasmo, de aceitar o desafio de organizar o 20º Encontro, tendo nós, a certeza que tudo fará, para que seja um sucesso.

O meu AMIGO José Lobo, lembrou-me uma frase que escrevi há uns anos num dos nossos livros:

«É possível AMAR uma terra fisicamente! É assim que sinto o nosso CUBAL, que com os seus “Kazumbis” me enfeitiçaram para sempre…»

Continuo com esse sentimento!!!

OBRIGADO E ATÉ SEMPRE!

Anabela Borges

"Efeitos" do nosso Blog e da amizade.

Que grande alegria a minha, a de encontrar mais uma amiga do Cubal!
Como estou grato ao Ruca por esta enorme surpresa!
Depois de conhecer o Sr.Domingos e D°Ana Batalha,o Benjamim, Mingo, Pobre, Tanta,Tercia, Guto, ... agora a Ana.
É na verdade um grande prazer, mas este prazer também se estendeu à minha irmã Carmem e aos meus pais. O interessante é que algum tempo antes, encontrei o teu irmão (Mingo) na net e soube assim que ele é o director provincial do comércio e industria de Benguela, o que me deixou muito orgulhoso,tentei por vários meios contactá-lo pelo telefone mas sem sucesso e agora a coincidência maravilhosa. A Ana. É verdade que estavamos muito ligados, o teu pai era muito amigo do meu e com as tuas irmãs aprendemos a "língua dos ps".
Se desejares envia-me o teu número de telefone pois eu gostaria de falar directamente contigo. Recebe por agora um enorme abraço deste cubalense que tem em alta estima todos os amigos do Cubal.
Meno Fontoura

Notícias dos Cubalenses e amigos do Cubal - Ana Batalha

Caro Ruca!
Chamo-me Ana Batalha, nasci no Cubal e sou a penúltima filha de Domingos Batalha, funcionário dos C.F.B. e de Ana de Sousa Calado Batalha. No total, somos 8 irmãos e vivemos durante muitos anos no Cubal. Tive conhecimento deste Blog, há algum tempo, de forma meramente casual (através de uma sobrinhas, enquanto estas navegavam na net). Nessa altura, lembro-me de estar on-line, uma mensagem de um dos filhos de um comerciante do Cubal, o Sr. Fontoura, mas do qual não tenho agora presente o nome, lembro-me apenas que ele referia estar, actualmente, a viver na Bélgica (se não estou em erro), o qual, procurava localizar alguns conterrâneos, entre os quais, figurava o nome do meu pai e dos meus irmãos mais velhos. Apesar de não ter tanta afinidade com a terra onde nasci (cerca dos 5 anos fomos morar para Benguela), como a restante família, fiquei comovida com essa mensagem e, por isso, cá estou a tentar reatar esse contacto. Assim, gostaria que me facultasse alguma informação sobre o endereço desse filho do Sr. Fontoura, caso a possua ou, uma outra qualquer via através da qual eu pudesse ter acesso ao endereço, para me poder apresentar (apesar de ser muito nova na altura - teria cerca de 5 anos - lembro-me perfeitamente dessa família e recordo-me de ir à loja deles fazer recados a mando da minha mãe) e também para lhe poder dar notícias dos meus irmãos.Sem mais, agradeço desde já a sua atenção e coloco-me seu inteiro ao dispor.
As minhas cordiais saudações, subscrevo-me, afectuosamente,
Ana Batalha
***
Olá Ana,
Agora respondo-te através do blog.
Obrigado por esta tua mensagem (e emails trocados). De quem te referes é o nosso amigo Meno Fontoura que se encontra com a família na Suiça. Já te respondi ao email com conhecimento ao Meno.
Para te lembrares melhor, recordo que o Meno escreveu um post fantástico. Basta clicar AQUI para veres. O seu autor revela uma memória extraodinária!
Saudações
Ruca

Notícias dos Cubalenses e amigos do Cubal - Maria do Carmo de Menezes

Olá
Sou a irmã mais nova de Nuno de Menezes e vai para muito tempo que ando para o contactar, por esta via, com o fim de agradecer o "apontamento" que escreveu sobre o meu irmão, aquando da sua morte (Pode ser revisto aqui) . MUITO OBRIGADA. Não sei se tiveram conhecimento que um mês depois de faleceu a minha cunhada Alda Lage, também em Benguela. Pela sua foto é bastante mais novo que eu (tenho 70 anos) e como todos os angolanos vim na "enxurrada" em 1975, actualmente vivo no Porto (Na época vivia no Balombo, entre Nova Lisboa e Lobito onde eu era gerente da Pousada e o meu marido Director da Empresa das Àguas do Cota-Cota). Julgo que deve ter vindo da nossa terra muito novo, mas certamente que tem por ela o amor e carinho que todos os verdadeiros angolanos têm. Tenho contacto com alguns angolanos e como não pode deixar de ser de vez enquanto cá nos reunimos para uma muambada. Tenho alguns emails de Angola de outros tempos e até de agora que se desejar posso ir mandando. Mais uma vez o meu muito obrigada.
Maria do Carmo de Menezes
***
Minha Amiga,
Já lhe respondi por e-mail.
É um prazer enorme contar consigo nesta comunidade, pelo que espero tê-la sempre connosco.
Quanto às imagens de angola que diz ter, envie sempre que lhe for oportuno.
Uma saudação amiga e obrigado pela sua presença.
Ruca

Lição de sapiência no 19º Encontro dos Antigos Estudantes do Cubal


‘’É possível viver uma terra preservada do espaço e do tempo “


Caros Muanhas

Antes de mais gostava de vos agradecer o facto de me permitirem estar convosco e poder partilhar os meus pensamentos, assim como agradecer a todos os que idealizaram, organizaram e participaram este evento, tornado-o num momento para todos inquestionável e catalisador das nossas memórias passadas e das nossas amizades. Muitos já não estão entre nós, de qualquer modo manteremos para sempre o seu espaço e memória. Jamais esqueceremos os nossos “Seculos”, capazes de nos passarem os valores que nos permitem manter esta forma simples e feliz de olhar para a vida. Gostava ainda de agradecer à Anabela, São e Isabel, o facto de nos terem dado esta honra, pois de facto é com enorme prazer que assumimos esta responsabilidade, com um grande sentimento de missão a cumprir pois acreditamos que jamais temos o direito de nos privarmos destes momentos. Se me permitem confesso-vos que me sinto um privilegiado pelo facto de poder contar com um enorme número de amigos do coração. Novos, antigos e até de menino..... de facto muitos amigos. Por eles sou muitas vezes confrontado com uma questão muito simples mas algo complexa de responder: “O que tem África? O que tem essa terra pequena de que tanto falas.... que faz com que a paixão e saudade perdure para sempre? Essa terra pequena que como alguém disse :
“Era uma vez uma cidadezinha embrulhada no cacimbo, no perfume inconfundível do sisal e nos panos e missangas das “Muanhas”” (Anabela Borges).

Na verdade também eu, coração africano, muitas vezes me pergunto que será que provoca toda esta mistura de sentimentos? Francamente as conclusões têm sido as mais diversas, algumas com racionalidade: juventude uma enorme disponibilidade para apreender, outras pelo mero recurso à intuição ou talvez inteligência emocional: paixão, meninice, irresponsabilidade, prazer pela atitude etc. Alguém escreveu tão simplesmente “ É possível amar uma terra fisicamente”! É assim que sinto o nosso CUBAL, que com os seus “cazumbis” me enfeitiçaram para sempre… Deixem-me acrescentar algo mais aquela frase que bem podia ser o titulo para um belo “poema” “É possível viver uma terra preservada do espaço e do tempo “ Uma vida sem condição em que o sonho se confunde na natureza sem fim. É isto mesmo. Tem de ser esta a resposta. Penso tantas vezes, é quase como se transportasse fisicamente num pedaço de papel, um poema sobre ela onde a vida corre aparte do tempo e do espaço, e a natureza é o único limite para o nosso pensamento. Sim, só assim foi possível criar sem limite um tão grande conjunto de memórias em tão curto espaço de tempo... que de tal riqueza nos provoca a permanente nostalgia e sentimento de ausência. Queremos sempre voltar... e acreditem ou não, voltamos todos os dias em todos os momentos a cada gesto, pensamento ou atitude. Somos Cubalenses. De facto e permitam-me uma vez mais citar alguém, e seguramente repetir aquilo que muitas vezes já leram, mas desculpem-me estou apaixonado por tudo aquilo em que consigo ver a minha terra. Ser-se Cubalense, por nascimento ou por adopção, é um privilégio que só a alguns, os chamados eleitos, é concedido. Para tal é necessário: que tenha bebido água do rio Cubal; que tenha inalado o cheiro daquela terra poeirenta impregnada do perfume inconfundível do sisal; que tenha apanhado no corpo as chuvadas refrescantes e consoladoras; que tenha sido picado por mosquitos ávidos de sangue; que tenha torrado a tez naquele sol abrasador e, por último, que tenha sentido na cabeça os efeitos de grandes cacimbadas. (Carlos Falcão)
Reconheçamos, o desafio de termos de ser felizes, de viver a vida mesmo tendo deixado para trás a árvore das memórias, cujos frutos alimentavam a nossa vida, os amigos, os familiares, o cheiro da terra, as lendas e cacimbadas !! Africa, Terra Minha.

Não existe mais
a casa onde nasci
nem meu Pai
nem a mulembeira
da primeira sombra.
Não existe o pátio
o forno a lenha
nem os vasos e a casota do leão.
Nada existe
nem sequer ruínas
entulho de adobes e telhas calcinadas.
Alguém varreu a fogo
a minha infância
e na fogueira arderam todos os ancestres.

(Costa Andrade)
Pois... mas os desafios enfrentam-se e caros Muanhas só nós podemos continuar a manter viva essa presença que nos alimentará mantendo-nos actuais no nosso passado, aliviando o peso a suportar por essa nostalgia que magoa intensamente e dói na alma. De facto somos só nós, e como tal gostaria de vos prestar a minha homenagem. A todos, os presentes os ausentes, a todos aqueles que amam e amaram verdadeiramente esta terra, pois são responsáveis por aquilo que somos, são um pedaço de nós e da nossa memória viva de uma infância feliz, num tempo longínquo mas que podemos continuar a viver no presente, como se a desventura não tivesse interrompido o nosso percurso, Estou certo que comungarão comigo esta felicidade, de me sentir.
Um Muanha de alma e coração que vive as suas origens, como uma lição de vida.

Obrigado
José Lobo Pires
19º Encontro dos Antigos Estudante do Cubal

ENCONTRO DOS ANTIGOS ESTUDANTES DO CUBAL -2008.

Esta interactividade só no nosso blog é possível. Há pouco coloquei o apelo e passados minutos aí estão as imagens do Encontro! A Mimi Fraga, sempre atenta, enviou de imediato. Outros nossos amigos lhe seguiram. clica aqui e vê!
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
10.
11.

Notícias dos Cubalenses e amigos do Cubal - Mimi Peixoto

Olá Ruca
Ainda esperei ver-te no sábado, mas não apareceste.
Estive na tua página e gostei do que vi. Assim que poder, mando alguma contribuição. (...)


Um abraço forte à família.
Para ti, uma bjoca grande
Mimi


*************
Cara amiga Mimi,

Fico a aguardar essa participação da forma como entenderes. É para mim um privilégio e alegria contar tb. contigo.. as portas estão sempre abertas.. entra quando quiseres no NOSSO blog...
beijos ( e abraços extensivos à família) e obrigado pelas tuas simpáticas palavras,
Ruca

Notícias dos Cubalenses e amigos do Cubal - Luis Benites de Sousa

Esta foi a minha primeira vez! Simplesmente 5 estrelas! Adorei tudo mto bem organizado!
Parabéns aquelas três meninas que organizaram o encontro deste ano!
A partir de agora quero ver se não perco mais nenhum pois fez-me mto bem!
Mto obrigado.
Luis Benites de Sousa

Notícias dos Cubalenses e amigos do Cubal - Toninho Freitas de Oliveira

Viva a todos os Cubalenses!
Venho por este meio enaltecer a "Super-Organização" do 19º!
Esteve espectacular a todos os níveis, tendo sido uma honra ter convivido com amigos(as)que não via há mais de 40 anos mas sobretudo ter escutado as referências sobre os meus pais.
Muito obrigado a todos, um beijinho muito especial à Anabela Borges, valeu a pena! e 'aquele' Abraço ao Henrique Faria ...gostei das tuas palavras.
Toninho Freitas de Oliveira

Banco Sol abre balcão no Cubal

09-10-2008 - Banco Sol abre balcão no Cubal
Fonte: ANGOP

Cubal – O terceiro balcão do Banco Sol na província de Benguela foi inaugurado nesta terça-feira, no município do Cubal, numa cerimónia presidida pelo vice-governador para a área económica e produtiva, Agostinho Estêvão Felizardo.

Este é o 50º balcão do Banco Sol no mercado angolano e em Benguela está já instalado no município sede, na cidade do Lobito e posteriormente na Ganda.

Na ocasião, o vice-governador louvou a administração do banco pelo facto de contribuir no desenvolvimento da província, proporcionando novos postos de trabalho à juventude e disponibilizando créditos para actividade económica.

Por sua vez, o presidente da comissão executiva do Banco Sol, Coutinho Nobre Miguel, disse que a instituição financeira pretende, com esta iniciativa, ir ao encontro de comerciantes, empresários, camponeses, enfermeiros e professores, para que estes possam beneficiar dos seus serviços.
Segundo o gestor, a abertura desta agência visa ainda comparticipar nos esforços do Governo no processo de reconstrução nacional e no desenvolvimento do município do Cubal, assim como ajudar no combate à pobreza e garantir dignidade aos cidadãos para que o povo angolano possa se firmar a nível do mundo.
Coutinho Miguel informou que o Banco Sol trabalha já no Cubal há quatro anos, com o programa de concessão de micro-crédito a camponeses associados da Unaca, professores, enfermeiros e comerciantes, apesar dos beneficiários terem que se deslocar ao litoral da província a busca dos valores concedidos.
“O produto micro-credito, lançado pelo Banco Sol há sete anos, é uma realidade nesta província e em especial no município do Cubal, contribuindo para o combate à fome e a redução da pobreza”, disse acrescentando que quatro mil e 200 camponeses cooperadores da Unaca, 577 professores, 45 enfermeiros e 11 comerciantes beneficiam já de micro-crédito.

Assistiram ao acto, o secretário do MPLA na província, Jeremias Dumbo, administrador municipal, Veríssimo Sapalo e outras personalidades políticas, religiosas e de outras organizações.

Mensagens de cubalenses

Estou passando de novo por aqui, para deixar o nosso abraço e um beijo para todos os Cubalenses e desejar que o fim de semana seja repleto de saúde e muita paz.
Para ti Ruca, tua esposa, tua mãe e teu pai, nós estamos também,deixando um abraço e um beijo e votos de um belo fim de semana.
Arlete

Comboio mala

...e também naturalmente continuei a ir ver
o comboio mala, o tal que faz parte do
imaginário de todos nós, pelas mais diversas
razões, que todos têm explicado.
Por mim, já o disse, transportava
mercadorias, passageiros, cavalgava por
terras míticas da minha pátria, lugares que
posteriormente conheci, e que nem por isso
deixaram de ser fantásticos, mas
fundamentalmente transportava os nossos
sonhos.


Henrique Faria

Uma sugestão para um fim-de-semana diferente - Planador

1. Diferente de tudo que possam experimentar.
2. Um aperto inicial no estômago ... e não é do cinto!
3. E uma visão diferente do planeta, uma paz imensa!
4. Nada de motores, nada de ruídos, apenas...o vento!
ahhh Fernão Capelo Gaivota, como te entendo melhor!

"...Ele é tomado pela paixão pelos vôos de todos os tipos, e sua alma decola como os seus experimentos e emocionantes triunfos de ousadia e feitos aéreos..."


5.Ooooopsss!!!! Yesss!

Notícias dos Cubalenses e amigos do Cubal - Luis Benites de Sousa

4 Out 08, 14:27

Fui colega do Meno e do Tó Mané sou irmão da Teresa Sousa.

Um abraço a todos os Cubalenses!
Luis Benites de Sousa

Notícias dos Cubalenses e amigos do Cubal - Bibito e Arlete

1.Bibito e Arlete
**
Amigos de quem os meus pais falam com saudades!
Um abraço para todos.
Ruca

ATÉ À ETERNIDADE ABRIL


ATÉ À ETERNIDADE
ABRIL ,

Transportará para sempre
Reacções diversas,
Prolongando ou esbatendo, para além de nós,
Contornos de uma existência finita.
ABRIL,
Levou-nos as nossas referências
Mas não apagou a lembrança que nos
transmitiu o saber.
ABRIL,
Não afastou o nosso agradecimento,
Venceu a morte de um dos nossos “Eleitos”.
ABRIL,
Vencida a morte,
De quem fomentou em nós a procura do saber,
A vontade,
O querer,
A força,
Iguais à tempestade,
Mantendo viva a chama do seu saber
Na nossa formação.
ABRIL,
Criou novas gerações,
Ouvindo as mesmas palavras,
Repetidas noutras bocas,
Aprendidas do Mestre,
O conhecimento,
O caminho, preparando o futuro,
Sentindo para além do tempo físico,
Estando sempre aqui, junto a nós,
Na eternidade da sua presença.
ABRIL,
Mostrou-nos o vencer da morte
A vontade de escutar além de nós,
Mantendo a chama do saber
E da perpetuação da sua memória,
Ao caminharmos para o futuro.
ABRIL,
Mostra-nos que só morre
Quem parte sem nada deixar nos outros,
Sem nada legar para o futuro.
ABRIL,
Mostrou-nos que a morte
Não apaga quem leva
Só aqueles que são esquecidos.
ABRIL,
Não levou o Dr. Faria.



Miguel Sequeira

Notícias dos Cubalenses e amigos do Cubal - Beto Vilarinho


Para: Ruca

Assunto:blog
Data: 3/Out/2008 17:24

Ruca continuo visitando teu blog para matar saudades,apesar de dificuldades de acesso.

abraços
Beto Vilarinho

****

Meu Caro Beto,

É sempre um prazer receber notícias dos amigos.

As dificuldades de acesso que referes, não me têm sido comunicadas.

Não terás pouca velocidade na net ? (pouca banda larga ou adsl).

Abraço e aparece sempre!

Ruca

Encontro de amigos Cubalenses

1.
em cima da esq para a dtº:LISANDER FARIA, DINY QUERIDO, LUISA MACHADO, ISABEL DUARTE
em baixo da esq para a dtº:ORLANDO MARTA NEVES, DADINHO, SILVEIRA, GI VILARES

2.

3.

17º Encontro dos Antigos Estudantes do Cubal.

PAULA QUERIDO, Mº LURDES BRAZ, MARINA QUERIDO

19º ENCONTRO DOS ANTIGOS ESTUDANTES DO CUBAL


Meus Caros amigos,
A Comissão Organizadora do
19º ENCONTRO DOS ANTIGOS ESTUDANTES DO CUBAL , constituída pela Anabela Borges, São Múrias e Isabel Duarte, estão a preparar um encontro fantástico em Mira a 11 de Outubro de 2008 . Pretende-se que no referido Encontro estejam presentes todos os antigos Estudantes do Cubal que frequentaram os diversos estabelecimentos de ensino da nossa querida Cidade. Para o efeito, existe já o programa do evento. Basta clicarem aqui e poderão consultar o mesmo.
Face à logistica do Encontro, existe a necessidade dos interessados se inscreverem o mais rapidamente possível até, no máximo, dia 04 de Outubro de 2008.


A Comissão Organizadora

Anabela Borges:
Telefones: 235 729 489 (serviço) 235 721 409 (casa) 96 000 73 69

São Múrias:
Telemóvel: 93 609 83 44

Isabel Duarte:
Telemóvel: 96 671 211 6

Agora vê bem onde vai ser o evento e delicia-te com o local paradisíaco:

Hotel Quinta da Lagoa - Clica aqui
Mapa e Local do evento - Clica aqui
Programa do evento - Clica aqui

INSCREVE-TE JÁ!
Estabelece contacto com a Comissão Organizadora para qualquer dúvida ou inscrição.



Para "abrir o apetite" vê uma pequena parte do que foi o Encontro no ano passado:

1. 2.3.
4.
5.
6.
7.

8.