Encontro dos Antigos Estudantes do Cubal - Agradecimento -

Aos Muanhas:

Com o 19º Encontro dos Antigos Estudantes do Cubal, chegou a hora de “passar a pasta” à Próxima Organização.

Temos a certeza que ficará bem entregue, pois o espírito de boa vontade, o empenho e entusiasmo de tudo se fazer, para que este dia perdure nas nossas memórias, está sempre presente em todos aqueles que abraçam desinteressadamente esta tarefa.

Foram dois anos de muitas alegrias e também de algumas dificuldades e desilusões. No entanto, o balanço, (como não podia deixar de o ser), foi POSITIVO e GRATIFICANTE, pela maneira como cada vez mais, os nossos colegas dizem PRESENTE, dando-nos o prazer do reencontro neste NOSSO DIA!

Não queria no entanto, em nome da Organização que cessa agora as suas funções, deixar de expressar um agradecimento especial, a alguns colegas e amigos que, desde o primeiro momento, nos deram o seu apoio incondicional, para levarmos a bom porto, estes Encontros.

Assim sendo, aqui fica o nosso OBRIGADO de coração: ao Victor Vieira, Dinny Querido, Jaime Marques de Almeida, Juca Laranjeira, Fernando Borges, Rui Lopes, Fernando e Mila Vaz, Cristina Campos, Manuel Portugal, Cristiana Moreira, Carlos Lopes, Sónia Simões, Henrique Faria.

Não podemos deixar também, de agradecer a disponibilidade e simpatia do Hernâni Cabral, que a todos encanta, no seu jeito “Muanha” de “cantar” o quino.

Às jovens que no 18º Encontro, nos presentearam com um momento de dança de rara beleza.

À Direcção do Hotel Quinta da Lagoa, na pessoa da D. Olívia, pela compreensão e simpatia, assim como a todo o pessoal que durante estes dois anos, nos atenderam com grande profissionalismo

Ao Ruca, pela sua disponibilidade em tudo fazer para que o Encontro fosse divulgado e pela preciosa ajuda que nos deu, ao facultar contactos, que de outra maneira, seria impossível podermos rever esses colegas.

Ao Carlos Botto e ao Trio Áfrika, por nos fazerem regressar a um passado que jamais se apagará, com as suas “kizombas”, “merengues” “tangos” e “valsas,” que por momentos nos transportam às farras do Clube Recreativo e ao Ferrovia!

O meu agradecimento pessoal, (desculpem-me, mas não ficaria de bem comigo se o não fizesse): ao meu filho e ao meu marido, pelo apoio e força que me deram nos momentos menos bons, em que o desânimo tomava conta de mim.
A vós, meus AMORES, um grande beijo e desculpem o meu “mau feitio”…

Por fim e em nome da Organização que agora termina esta tarefa, um BEM-HAJA ao José Lobo, pela sua disponibilidade e entusiasmo, de aceitar o desafio de organizar o 20º Encontro, tendo nós, a certeza que tudo fará, para que seja um sucesso.

O meu AMIGO José Lobo, lembrou-me uma frase que escrevi há uns anos num dos nossos livros:

«É possível AMAR uma terra fisicamente! É assim que sinto o nosso CUBAL, que com os seus “Kazumbis” me enfeitiçaram para sempre…»

Continuo com esse sentimento!!!

OBRIGADO E ATÉ SEMPRE!

Anabela Borges

Sem comentários: