Autoridades administrativas preocupadas com invasão de cemitérios no Cubal

Cubal - O administrador municipal do Cubal, Veríssimo Sapalo, mostrou-se sexta-feira preocupado com a atitude dos munícipes que têm estado, nos últimos tempos, a invadir os cemitérios, a procura de espaço para construção de residências. Veríssimo Sapalo, que falava aos membros do governo, autoridades tradicionais e entidades religiosas, considerou imoral e indecorosa o comportamento dos cidadãos que constroem residências por cima dos túmulos, desrespeitando as regras de conduta social e moral. Segundo o responsável, serão tomadas medidas preventivas e coersivas, com vista a acabar com a invasão nos cemitérios, proporcionando deste modo o respeito e descanso merecido aos ente-queridos. Sublinhou que tal prática e comportamento contrasta com o pronunciamento do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, aquando da sua mensagem de fim de ano, em que destacou a necessidade da educação da família, valores cívicos e morais da juventude para uma sociedade justa e harmoniosa. O primeiro cemitério, designado por "cemitério antigo", localizado no bairro da Calohala, e outro da zona da passagem, ambos na periferia da sede municipal, são, entre outros, que têm sido invadidos pelos cidadãos para construção de casas.
in Angop 17-01-2009 11:08

Sem comentários: