Sugestões do Pedro Jorge

Olá Amigos Cubalenses:
Sempre que posso venho aqui dar uma visita. Quase sempre encontro mensagens novas mas, tenho a certeza que apesar dos problemas do passado, há muitas muitas histórias bonitas para contar no Livro de Visitas, neste nosso Ponto de Encontro criado com muito mérito e trabalho do nosso Amigo Ruca.
Serão essas histórias, contadas por quem as viveu, que além de alimentarem o Blog, mantêm vivas as belas recordações do Cubal cidade onde tantos de vós nasceram e por certo viveram dos melhores anos das vossas vidas. Como já várias vezes citei no Blog, não sendo natural daquela bela cidade, vivi lá alguns meses, tendo ficado marcado pela saudade. Por isso compreendo as vossas razões e até magoas, por isso ,através do Blog poderão afogar essas causas negativas, relembrando os bons velhos tempos, reencontrarem aqui velhos amigos de infância. Pensem nisso. É uma forma de manterem viva a vossa cidade, aquela que vos ficou gravada na mente. Àqueles que já aqui costumam vir e os que estão no Orkut Hi5, desafiem outros a entrarem nesta interessante comunidade, que, embora virtual, é muito mais do que isso.
Mantém-nos mais próximos. Um exemplo: dos cento e tal amigos que tenho no Hi5, cem são Cubalenses ou afins, é muito bom poder comunicar com quem já estivemos fisicamente próximos. Vamos por isso alargar esta grande comunidade.
Por hoje deixo-vos aqui um Grande Abraço.
Para ti amigo Ruca, grande arquitecto deste evento especial,
Um Abração do sempre amigo,
Pedro Jorge
****
Olá Pedro,
Um muito obrigado pela habitual colaboração. Considera-te também um dos arquitectos principais do nosso blog. A tua presença diária faz-se notar e sinto-a sempre quando faço a manutenção do blog.
Este teu post é, sem dúvida, super pertinente. A ideia em abrirmos também um espaço no Hi5, não foi minha, mas sim de vários cubalenses que me foram sugerindo.
É um belo complemento a este nosso espaço. E só o sabe quem lá vai. Por isso, reforço o apelo do Pedro Jorge e, mais uma vez, convido todos amigos cubalenses a registarem-se (é grátis! e não são necessários dados pessoais) e acederem. Familiarizem-se e verão! Para quem se esqueceu, basta clicar aqui, ou insiram este endereço no vosso browser:
um abração e mais uma vez obrigado pela colaboração constante.
Ruca

Sem comentários: