Notícias dos Cubalenses e amigos do Cubal - Lurdes Henriques ( Pinheiro)

Olá Ruca!
Eu sou a Lurdes Henriques ( Lurdes Pinheiro) e quero agradecer-lhe por nos proporcionar (embora de uma forma virtual) este retorno à terra que todos nós amamos (Cubal) e ao reencontro com os nossos amigos cubalenses. Fui colega de ano e de turma da Natália Sousa, Mary, Portelas, Isabel Fraga, Teresa Benites, Paula e Teresa Melo entre outras.
Ao ver algumas fotos do blogue, foi como que um desenterrar de memórias que não estavam esquecidas, mas bem guardadas, foi uma paragem no tempo, um voltar atrás, um aflorar de lembranças inesquecíveis do nosso Cubal.
Obrigado por nos proporcionar um voltar atrás nas nossas vidas.
Lurdes Henriques ( Pinheiro)

***
Olá Lurdes,
Obrigado pelas gentis palavras em relação ao nosso blog. A reacção positiva dos amigos que me enviam mensagens, são o grande tónico para continuar. Assim continue também a colaboração dos Cubalenses, no envio e partilha de testemunhos. Obrigado pelas excelentes imagens que enviaram, através do V. filho Hugo. Venham sempre até nós e se possível descubram mais algumas imagens no baú!
Um abraço a todos vós.
Ruca

Notícias actuais do Cubal

Vice-ministro anuncia construção de 36 centros para juventude

Trinta e seis centros comunitários para a juventude serão construídos em todo o país, ainda este ano, informou no fim-de-semana o vice-ministro da Juventude, Yaba Alberto, aquando da sua visita ao município da Baía Farta, 25 quilómetros da cidade de Benguela.
De acordo com o responsável, para este projecto estão disponíveis 300 mil dólares, visando a construção de dois centros em cada província, tendo adiantado que para Benguela estão contemplados os municípios da Baía Farta e do Cubal.
O centro da juventude da Baía Farta, com uma área de três hectares, contará com um campo polivalente, sala de leitura, informática, entre outros serviços.
Yaba Alberto considerou importante a criação de centros para a juventude, a fim de ocupar os tempos livres, contribuindo também para o combate à delinquência juvenil.
De acordo com o vice-ministro, o centro será erguido no bairro da Camunda, junto ao ex-hospital do CFB, no município do Cubal, devendo comportar uma sala de aconselhamento, de Internet, biblioteca, salão de beleza e um campo polivalente.
No Cubal, o governante visitou também o espaço atribuído pela administração local (reserva fundiária), com cerca de 150 hectares para a construção de residências aos jovens e outros projectos consignados pelo governo, no quadro do seu programa de um milhão de casas a todo país.
Inteirou-se também do funcionamento das infra-estruturas desportivas que estão consignadas no programa "Despontar", do Ministério da Juventude e Desporto.
Mostrou-se satisfeito com a disponibilidade das autoridades locais e disse estarem lançadas as bases para que os jovens adiram ao programa de autoconstrução dirigida.
Referiu, por outro lado, que a segunda fase do projecto crédito jovem, do Ministério da Juventude e Desporto, vai abranger o município do Cubal, visando estimular a juventude no fomento aos negócios, de modo a participarem no processo de reconstrução nacional e a criação do auto-emprego e outros postos de trabalho.
A delegação visitou igualmente o estádio municipal de futebol, cujas obras de restauro estão à cargo da Delegação Provincial dos Desportos
.

Notícias dos Cubalenses e amigos do Cubal - José Simões

Ruca, desde já te dou os meus sinceros PARABÉNS pelo teu excelente trabalho e empenho no teu Blog, pois tem sido elo de ligação entre todos os Cubalenses.Foi por um mero acaso que o descobri e interessei-me, "explorando", lendo as Msgs e vendo as fotos de locais e pessoas que conheci, alguns deles foram meus colegas de escola, era uma terra pequena mas gente com um grande coração e era como se fossemos uma só família. Em Janeiro de 1968, tinha eu os meus 7 anos de idade, quando fui viver para essa cidade com a minha família vindo de Nova Lisboa.Os meus pais eram funcionários públicos. A 1ª casa que morei pertencia ao Sr. Valentim, sócio do Sr. Cabral da serração e se a memória não me falha foi nessa altura que foi construída a casa dos teus pais, pois ainda me lembro do Mercedes que ele tinha. A oficina do teu pai inicialmente era num armazém e tinha um quintal onde havia sucata de automóveis.Entre os anos 1968 a 1973, altura em que vivi nessa cidade fiz a minha escola primária e o 1º ano do ciclo na Escola técnica, não mais lá voltei, mas quem sabe se um dia o irei fazer.Nesse período de tempo que lá vivi, vi “nascer” a piscina do C.F.B., o pavilhão desportivo do Clube Recreativo, o Tribunal, a Igreja, (fiz a minha comunhão ainda na antiga), a cadeia, a barragem e outros edificou que a memória vai apagando, pois já se passaram 36 anos.Nada mais de momento, recebe um abraço de Amigo dessa maravilhosa terra, que jamais a esquecerá e quem sabe se um dia nos havemos de encontrar!
José Simões
****
Meu Caro José Simões,
Bem vindo ao nosso espaço virtual com este testemunho que, por momentos, me/nos transportou até ao "outro lado" há uns anos atrás..
Muito obrigado pela tua presença e palavras simpáticas .
Vem sempre até nós e se possível com algum testemunho fotográfico. Pelo que afirmas, garantidamente que nos cruzamos várias vezes, mas preciso de algum "auxiliar" visual.
Um abraço
Ruca

Notícias dos Cubalenses e amigos do Cubal - António João L. Oliveira Pinheiro

Nasci no Cubal a 29 de Janeiro de 1958, numa fazenda de sisal da família Lara, onde o meu pai foi médico durante pouco tempo.
Se houver alguém que me possa dar pistas sobre a localização da tal fazenda, ficarei eternamente grato.
Em Outubro vou fazer a minha 1ª viagem a Angola, depois que de lá vim em 1961 (Abril) e vou tentar descobrir o local em que nasci.
Lembro-me que o meu pai se referia ao local da fazenda como " Bembassoco". Este nome diz-vos alguma coisa?
António João L. Oliveira Pinheiro

ajoaopinheiro@gmail.com

Uma notícia triste.

Estou triste porque ontem foi sepultado o corpo da Celinha Marques, filha mais nova do Sr Marques do Cubal, que tinha duas filhas, a Gracinha, da minha idade e a Celinha de 44 anos, primas do Victor Vieira, Lete e Ema Marques, entre outros.
Eu sou frequentadora assídua daquela casa e estou muito triste com esta perda .

Um abraço
Teresa Canavez

****
Esta é sempre a notícia difícil de transmitir.
Aos pais João Marques / Eufémia e mana Gracinha assim como demais família, nesta hora de dor, aqui expressamos os nossos sentidos pêsames.
Que a Celinha esteja em paz.
Ruca/Família Gonçalves

Notícias dos Cubalenses e amigos do Cubal - Filipe Santos

Olá pessoal do Cubal.

Gostava de saber se alguém se lembra de mim sou filho do Santos do cinema que dava cinema ambulante pelas redondezas do Cubal, Caimbambo, Ganda, Fazenda Elisa,Alto Cubal,Fernando Alberto,etc. e filho da Olga sobrinho do bubi.

Será que há alguém da minha geração por aqui?

Hoje estou com 52 anos abraço a todos os cubalenses.

Filipe Santos

Notícias dos Cubalenses e amigos do Cubal - Joaquim Neves Mendes e Isabel

Aqui deixo os nomes dos meus pais - Joaquim Neves Mendes e Isabel -para que todos os Cubalenses se possam lembrar deles e trocar umas palavrinhas...
Elisabete Neves

**

Olá Elisabete,
Obrigado por "apareceres" em nome dos teus pais. É saudável o que fazes e representas um belo exemplo para os mais novos fazerem algo semelhante, quando os pais ou avós não têm apetência para estas questões informáticas. Os tempos são outros e somos nós, os mais novos, que teremos também fazer um esforço para que este elo não termine e nada, da nossa passagem pelo Cubal, se apague.
Obrigado e também te coloco o convite em participares, se tiveres testemunhos.
Um abraço
Ruca

Uma notícia triste.

Faleceu no dia 6 de Agosto, no Brasil, a nossa amiga Maria Pena.
Aqui expressamos os sentidos pêsames ao Zé Luís, Vítor e demais família.
Que descanse em paz.
Ruca

Notícias dos Cubalenses e amigos do Cubal - E. Neves (filho de Joaquim e Isabel Neves Mendes)

Olá Ruca,
Foi com enorme alegria e muito espanto que vi neste blog mencionado o nome da minha familia e principalmente uma fotografia dos meus pais e irmãos que viveram na Fernando Alberto.
Eu sou a "caçulinha" do Joaquim Neves Mendes e da Isabel.
Já vim nascer em Portugal e não conheço o Cubal.
Nem consigo imaginar a alegria do meu pai quando amanhã lhe mostrar tudo isto...
Bem-hajas
E. Neves
************
Meus Caro amigo,
É sempre com enorme prazer que recebemos mais um cubalense ou amigo do Cubal.
Agradeço que mostres ao teu pai. Certamente, haverá uma enorme partilha de emoções e ele vai lembra-se de muita coisa que por aqui temos publicado. Este blog é também teu e dos teus familiares. O convite aqui fica. Se tiveres testemunhos do Cubal, envia-me para aqui serem publicados. Este é o espírito do nosso blog, que tento preservar. Alimenta-o também se possível com testemunhos ou histórias que o teu pai se lembre.
Um grande abraço para todos vós.
Ruca
PS: confirma se a terceira foto o link abaixo é da tua família