Joaquim "de Lisboa" , NA ROTA DE DIOGO CÃO 1975

Amigos:
Aqui deixo esta singela homenagem a todos aqueles que um dia "beberam" os ares da terra-mãe de Angola.

RECONHECIMENTO

Nesta terra Portuguesa
Uma frase nos consola
Ouvir dizer : "Concerteza...
Não é de cá... Veio d'Angola "!

Na Rádio e Televisão
Muita gente fez escola
E lá vem a... distinção:
"Não é de cá... veio d'Angola"!

O merceeiro da esquina
Todo o dia dá à sola
Sabe atender gente fina
"Não é de cá... veio d'Angola"!

E até na construção
Mole imensa..."verga a mola"
Vê-se logo... Pois então:
"Não é de cá... Veio d'Angola"!

Aquela moça escurinha
Que seu "mataco" rebola
Com a canastra da sardinha
"Não é de cá... Veio d'Angola"!

E àquele puto reguila
Que na rua joga à bola
Ouço gritar à má fila:
"Não é de cá... Veio d'Angola"!

Muita gente ...Lusitana
Por esse mundo se esfola
Ganhando... proveito e fama
"Não é de cá... veio d'Angola"

Do meu livro " PATRANHAS 100 POESIA" de Joaquim de Lisboa editado em 2009


Por outro lado completaram-se ontem 34 anos desde que vi a Baía de Luanda pela última vez, já de dentro da traineira que guiei até Portugal que alcancei após 24 dias de mar sem antes pôr os pés em terra.
Esta odisseia está descrita no meu livro:
NA ROTA DE DIOGO CÃO 1975 - De Angola a Portugal em traineira
Por último...
Já deste ano tenho outro livro a que dei o título: TRINTA TRETAS.
Contém 30 estórias para toda a família... muitas com sabor a Angola.
Os vossos pedidos serão bem-vindos
Veja : www.narotadediogocao.pt.vu/
Um abraço do
JoaquimdeLisboa
joaquimdelisboa@yahoo.com

********************

Caro Joaquim de Lisboa,
Obrigado pela sua participação. Tenho todo o prazer em aqui divulgar as suas experiências vividas da nossa Terra. Já o conhecia e tive oportunidade em falar de si, muito recentemente, com a amiga Leonor Figueiredo que acabou de publicar o último livro "Ficheiros Secretos da Descolonização de Angola" .
Apareça sempre e se tiver algo que ache oportuno aqui publicar envie sff.
Um abraço e sucessos.
Ruca

VEJAM O VÍDEO DA SIC SOBRE O TEMA

Sem comentários: