Tributo à minha mãe Olga Valadas

Deste-me um pedaço de ti, levaste metade de mim...Quando partiste levaste contigo o teu rosto bonito, o teu sorriso carinhoso, acalentador de onde dos teus lábios palavras de conforto ouvia nas horas turbulentas; criança, jovem e até mulher! Levaste contigo os braços que me apertavam num abraço de amor infinito... Levaste também o som da tua voz que soltavas cristalina quando o fado cantavas. Levaste contigo o som melodioso da harmónica que tão bem tocavas... Levaste o teu espírito jovem,lutador,alegre! Levaste a amizade que nos unia, levaste a minha melhor amiga, levaste aquela gargalhada que era tua aquela que não oiço mais pois mais ninguém tem, porque era tua!!! Levaste o som do meu nome quando com ar brincalhão me chamavas de 'ISSABELA'. Levaste os teus cabelos negros que tantas vezes afaguei e sequei. Levaste as tuas mãos que tantas vezes agarrei e beijei. Levaste a tua pele morena, os teus olhos doces, carinhosos que quando zangados me punham a mil kilómetros de distância... Levaste também o teu colo, onde tantas vezes me sentei mesmo mulher! LEVASTE TUDO!!!! Deixaste comigo o vazio e um frio eterno... Deixas-te o vazio, Mamã.....Um vazio imenso, um vazio que dói, um vazio que me sufoca!!!!!! Um vazio que não sei preencher, deixaste o vazio, Mamã....Um vazio...!!!!
Isabela Valadas

António Pereira de Lousa (Toneco)

É com muita emoção que escrevo pela segunda vez neste precioso blog. Da primeira vez apenas para identificar meu pai numa foto. E hoje para agradecer pelo carinho e solidariedade nas mensagens aqui deixadas por nossos amigos muitos do qual eu não conheço pessoalmente e sim pelas historias contadas pelo meu querido pai. Hoje na missa de 7º dia do falecimento de meu pai encontrei o Fernando e a Sofia e eles me disseram das mensagens aqui deixadas por amigos e vim deixar a minha também. Meu pai era uma pessoa de muitos, muitos amigos verdadeiros e desconheço algum inimigo pois comprovo isso por varias mensagens de conforto deixadas a nossa família vinda dos quatro cantos do mundo. Do meu pai resumo que foi uma pessoa guerreira, vitoriosa, valiosa, honesta, simples, trabalhadora e dentro de seu pouco tempo um bom pai. Deixo aqui em nome de nossa família nossos mais sinceros agradecimentos pelas palavras de conforto e abraços apertados sentidos em nosso peito mesmo a distancia. Deixo-vos a vontade para poder nos mandar e-mails de conforto e do que mais quiserem nos confortar.
Forte abraço a todos

Notícia triste

Esta é uma notícia que hoje recebi de vários amigos. O meu/nosso querido Toneco Lousa estava no local e na hora errada e partiu. Estou triste porque me lembro da sua alegria de viver e da amizade no Cubal. Os meus/nossos sentidos pêsames à família e que descanse em paz. Ruca (família de Raúl Gonçalves)
****
Amigo Ruca.É com muito pesar que comunico o falecimento do Toneco Lousa, no acidente que as imagens mostram, no passdo dia 03 deste mês.Encaminha para o luto do nosso bloger, esta triste noticia.Um abraço./Fernando Pires/
Imagens do acidente: clicar aqui
***
É com profundo pesar que informamos aos cubalenses a perda de um grande amigo ANTONIO LOUSA (dono da recauchutadora de pneus), ontem, em São Paulo, vitima das chuvas incessantes ocorridas nos últimos 40 dias. À família Lousa nossas sinceras condolências.
Sofia Resende
***
Olá Rui Um abraço... Hoje soube pela família vander Kellen com o pedido de publicação no blog da morte do Toneca Lousa. Lembras-te ? Mais um bom amigo que se foi...Bom fim de semana , continuo sempre a espreitar o blog...Bjs Chica
***
Pois é o nosso querido amigo Antonio Lousa nos deixa. Quero estender à família as minhas concolências e dizer-lhes do quanto estamos tristes. Lembro sempre do amigo que nos deixou e não são raras as vezes em que a lembrança me transporta aos tempos em que ele ia à fazenda Chimbasse conversar com o meu pai Alberto e recolher pneus.Abraços a todos,Toni Peixoto