Notícias de amigos do Lobito

Sei que estás a ficar desanimado com a falta de atenção que os beneficiários do Blog (que somos todos nós ) estamos a dar. Tens toda a razão mas a última coisa que queremos é que desistas..
Eu, contra mim falo. Apesar de não ser uma "entendida" no assunto, pois já sou uma avozinha reformada , tenho-me servido do " nosso" Blog, para conseguir os endereços de muitas pessoas queridas e entrar em contacto directo com elas e assim, reiniciar os laços dessa amizade que nos uniu durante anos no Cubal e depois, se foram perdendo no tempo e na distância.. Isso dá-me imensa alegria e reconheço que só é real, graças ao teu empenho ao pores de pé a brilhante ideia de unir os cubalenses por esse meio.. Por mim, peço desculpa pela minha fraca contribuição.
Entretanto, e sem que isso sirva de desculpa, quero dizer que aqui no Lobito, a Net não é como aí ou mesmo em Luanda. Nem sempre as coisas correm como nós queremos ou esperamos mas, já vem a caminho e a passo acelerado uma nova modalidade.. Aguardamos todos ( especialmente os netos), com muita ansiedade.

No final de Maio tivemos o grande prazer de estar com alguns Cubalenses e Benguelenses que, a convite das Acácias Rubras , se deslocaram a Benguela para as festas da cidade. . Foi uma grande alegria rever o Porto, o Telmo e o Mota que, com o Tito Machado e uns amigos jantaram connosco no Lobito. . Aqui, estava também o Quim, um ex colega do Recreativo, Angolano que nunca de cá saiu e não se cansava de mostrar a sua felicidade por rever os colegas que, segundo ele, jamais pensava rever na vida . Foi tão bom ou tão mau e falou-se tanto e trocou-se de lugar tantas vezes para todos poderem falar uns com os outros que a comida ficou fria nos pratos ...
Falou-se de tudo: dos tempos antigos e dos actuais e puseram-se as notícias em dia. Claro, com uma separação de tantos anos, muitas notícias não eram as que gostaríamos de ouvir mas a vida é isso mesmo..
Infelizmente, não pudemos ir ao Cubal ver o jogo que lá disputaram mas soubemos que ficaram emocionadíssimos pois o campo estava cheio e muitos gritavam pelos nomes do Porto, Telmo etc. como se não se tivessem passado mais de 30 anos. Penso que eles terão oportunidade de contar o que aqui se passou e das emoções que tiveram. Para mim e para o Vitor foi uma alegria muito grande .
Ruca, para ti e teus Pais , um grande abraço.
Para o teu e nosso Blog, muita actividade e muita colaboração .
Com muita amizade
Celeste Alves
***
Olá Celeste,
É sempre um enorme prazer receber notícias de amigos tão distantes geograficamente mas tão participativos.
Sempre apelei à participação de todos. Nunca me cansei fazê-lo. E garanto-te Celeste, que este meu apelo foi sempre a pensar nas gerações daqueles que já eram adultos em 1974. Não era o meu caso, longe disso. A minha expectativa de encontrar "meninos" da minha idade era bastante pequena. Felizmente, fruto do blogue encontrei também alguns amigos e amigas que partilharam as brincadeiras de crianças em que eu também intervinha. Mas são muito poucos os casos como compreenderás, face à minha tenra idade em 1974-75. Posso dizer que o objectivo principal, foi o de reaproximar aqueles com uma faixa etária mais adulta. Sei que que isso foi conseguido. Sinto que mais poderia ter sido feito se houvesse mais colaboração. Contudo é o que dizes minha amiga. O facto de estar sempre a remar para um objectivo, não digo sozinho porque isso nunca aconteceu, também faz com que precise de momentos para recarregar energias. Emails como o teu e de muitos amigos e amigas têm feito com que mantenha a energia do início deste projecto.
Mas aguardo, sem dúvida, uma maior colaboração de todos. Mas se a maioria passiva não se interessa, que poderei eu fazer mais ?
Recebam um forte abraço e obrigado pela participação sempre oportuna como esta onde também nos dás a conhecer dos factos que desconhecia da viagem dos nossos amigos das Acácias Rubras.
Ruca

Sem comentários: